• Professor Wagner Lacerda

Zico



Arthur Antunes Coimbra nasceu em 3 de março de 1953, no bairro de Quintino Bocaiúva, no Rio de Janeiro. Ele era o caçula dos seis filhos do português José Antunes Coimbra e da brasileira Matilde da Silva Coimbra. O franzino garoto logo ficou conhecido como Arthurzinho ou Arthurzico. Daí, para Zico, foi um pulo.

O futebol sempre esteve presente em sua vida. Seu pai havia sido goleiro amador e três de seus irmãos jogaram profissionalmente: Antunes, Nando e Edu. Zico começou no futsal: jogava pelo Juventude de Quintino e também pelo River, do vizinho bairro da Piedade. Foi jogando por este que ele foi descoberto pelo radialista Celso Garcia e levado, aos 14 anos, para treinar no futebol de campo do Flamengo.

Zico estreou no time principal em 1971. Mas ele só viria a se firmar como titular em 1974, após uma intensa preparação física que o tornou mais forte e resistente – foi devido ao seu físico franzino que recebeu o apelido de “Galinho de Quintino”. Zico marcou 508 gols em 732 jogos pelo Flamengo, sendo o segundo jogador que mais vestiu a camisa rubro-negra – atrás apenas do eterno companheiro Júnior. Ele conquistou 7 campeonatos cariocas e 4 brasileiros, além da Libertadores e do Mundial em 1981.

Zico ainda atuou pela Udinese, da Itália, e pelo Kashima Antlers, do Japão. Vestiu a camisa da seleção brasileira em 88 oportunidades e marcou 66 gols, tendo estado presente nas Copas do Mundo de 1982 e 1986. Após se aposentar, passou a trabalhar como técnico e dirigente de diversos times e seleções.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo