• Raphael Uba de Faria

Masami Kurumada



Se você já viu alguma criança correndo por aí, gritando "meteoro de pegasus", "ave fênix", "corrente de andrômeda", "pó de diamante", "cólera do dragão", ou se você mesmo já foi uma dessas crianças, saiba que a culpa é de Masami Kurumada.

Nascido em Tóquio no ano de 1953, ele é um dos mais importantes mangakás de todos os tempos. Um mangaká nada mais é do que um autor de mangás, as histórias em quadrinho japonesas. Sua primeira obra profissional, Sukeban Arashi, foi lançada em 1974, e trata dos problemas da adolescente Rei Kojinyama. O sucesso, entretanto, só viria três anos depois, com Ring Ni Kakero, que conta a história do boxeador Ryuuji Takane. Mas a obra que colocaria definitivamente o nome de Kurumada na história ainda estava por vir.

Em 1985, foi lançado Os Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya), mangá que precedeu um anime - desenho animado japonês -, lançado no ano seguinte. Após chegar à televisão francesa, em 1988, a série se espalhou rapidamente pelo ocidente, virando febre mundial. A mistura de mitologia grega, doutrinas orientais, artes marciais, golpes especiais e armaduras chamativas tornou-se irresistível para crianças e adolescentes.

Mas Kurumada não parou por aí. Nos anos seguintes ele escreveu mais uma série de sucesso, B't X, além de outras menos conhecidas. Paralelamente, escreveu continuações para Os Cavaleiros do Zodíaco - em mangá, anime e filmes -, que são produzidas até hoje. Temas como amizade, coragem e honestidade e um estilo clássico de desenho de mangá marcam sua obra.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo