• Marco Túlio Gazzola

O Cara que Disputou Cinco Copas do Mundo por Cinco Países Diferentes

Velibor “Bora” Milutinovic é um ex-jogador e ex-técnico de futebol sérvio. Em seu país jogou pelo Partizan Belgrado no início dos anos 1960. Atuou também pelos times franceses Monaco, Nice e Rouen, depois transferiu-se para Suíça e por último, México, onde aposentou.


Bora Milutinovic

Fonte: https://www.goal.com/en/news/world-cup-record-holder-bora-milutinovic-shares-his-secrets/7q9jxjkb26u01euywah8hvg7y


MÉXICO, COPA DO MUNDO DE 1986


No México Bora desenvolveu suas habilidades de treinador e foi admitido como técnico da seleção do país anfitrião da Copa do Mundo de 1986. A seleção mexicana terminou a primeira fase em primeiro lugar, venceu a Bulgária nas oitavas de final, mas foi eliminada pela Alemanha nas quartas de final em uma decisão por pênaltis.


ITÁLIA, COPA DO MUNDO DE 1990


Na Copa de 1990, na Itália, treinou a desconhecida Costa Rica e teve muito bom desempenho. Jogando no Grupo C (Brasil, Costa Rica, Escócia e Suécia) classificou-se em segundo lugar, mas logo em seguida, nas oitavas de final, foi eliminada pela então Tchecoslováquia. Mesmo assim foi um feito histórico! Seus resultados atraíram a atenção de outras seleções e, então, foi convidado para treinar a seleção dos Estados Unidos.


ESTADOS UNIDOS, COPA DO MUNDO DE 1994


Na Copa de 1994, nos Estados Unidos, Bora não conseguiu que sua equipe realizasse uma primeira fase brilhante, mas o time avançou para as oitavas de final. Nas oitavas de final o adversário era o Brasil, que ganhou o jogo com um resultado apertado: um a zero.


FRANÇA, COPA DO MUNDO DE 1998


Na Copa de 1998, na França, Bora foi o treinador da badalada seleção nigeriana. Com sua fama de “milagroso” classificou a equipe em primeiro lugar de um disputado Grupo D (Nigéria, Paraguai, Espanha e Bulgária). Infelizmente, as boas atuações pararam aí e nas oitavas de final viu a poderosa Dinamarca fazer quatro gols e mandar os nigerianos para a casa.


COREIA DO SUL E JAPÃO, COPA DO MUNDO DE 2002


A última missão do técnico sérvio foi comandar a seleção chinesa na Copa do Mundo de 2002. Uma missão complicada, pois foram sorteados para o Grupo C: Brasil, Turquia, China e Costa Rica. Apesar de sair da competição sem nenhum ponto e nenhum gol, continua sendo um herói no meio esportivo chinês, ganhando, inclusive, uma estatua na província de Liaoning.


Em resumo, Milutinovic comandou o México em 1986, a Costa Rica em 1990, os Estados Unidos em 1994, a Nigéria em 1998 e a China em 2002. São cinco copas do mundo com cinco equipes diferentes. Curioso não?



REFERENCIAS


https://www.fifa.com/worldcup/news/behind-the-world-cup-record-bora-milutinovic-2890944


https://gauchazh.clicrbs.com.br/esportes/copa-do-mundo/noticia/2018/06/veterano-e-recordista-bora-milutinovic-lamenta-derrotas-em-mundiais-tive-o-azar-de-sempre-enfrentar-o-brasil-cjig7hp1p0dk901pauvxl8uhf.html

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo